quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

...Então é Natal!





...Então é Natal!
    (Lorena Zago)

Quando o amor suplantar a dor,
O abraço acalentar a solidão,
A compaixão consolidar as relações humanas,
O sorriso alegrar os semblantes alheios,
Então é Natal!

Quando a mão que acena,
 Traduz em seu gesto a mensagem aguardada,
O olhar que afaga,  alegrar os seus dias,
Sinalizando empatia e compreensão,
Então é Natal!

Quando o orgulho é vencido pela humildade,
Quando as frustrações conseguem ser superadas,
E a tristeza der lugar à esperança,
Então é Natal!

Quando o pão for repartido de forma igualitária,
E na mesa de cada cidadão houver o necessário,
E os humanos conseguirem espelhar-se,
Na confiança, fé e solidariedade,
Então é Natal!

Quando o cantar  amenizar a dor do próximo,
E o acalanto serenar o choro infantil,
Quando a bondade e a paciência,
Somarem a compreensão ao idoso,
E o amor puder ser doado sem cobranças,
Então é Natal!

Um Natal que nos une em essência e gratidão,
Que nos estimula a um olhar humanitário,
Revestido de amor e compaixão,
Permeando luz e paz aos humanos,
Constituindo serenidade aos contextos.

Um Natal que simboliza o nascimento:
Da justiça, do bem, da paz, da esperança, da honestidade,
Da transparência, da harmonia, da fé, da confiança,
Da doação, do perdão, da aceitação, da humildade,
Do reconhecimento, da partilha, da compaixão,
Do júbilo, da perseverança, da fé inabalável,
Da comunhão, do amor fraterno compartilhado,
E consagrado da mais sublime conduta humana,
Desejar o bem na mesma proporção que se deseja receber,
Então será  Natal no íntimo de cada Ser.




Nenhum comentário:

Postar um comentário