quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Dia Internacional da Paz!





 "Dia Internacional da Paz!"


Por um pouco de Paz!

A Paz estará onde houver Amor!

Constituir-se-á em humanos corações,

Despidos de egoísmo e ganância,

Onde houverem consciências altruístas, passíveis de perdão.

Nas mãos que acolhem, nas mentes que saibam discernir,

E compreender o próximo como igual.

Onde a dor possa ser amenizada pelo acolhimento humano,

 Difundido-se além mar e fronteiras.

Onde o Sol  manifeste aos pensantes,

Que brilhará para todos, indistintamente,

E haja compreensão de que só o Amor

 Será capaz de constituir a Paz interior e Universal!

( Lorena Zago)

21 de setembro de 2017






quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Só o Amor Edifica!








                        Só o Amor Edifica!
                                    Lorena Zago


Quantas vezes a vida nos oportuniza surpresas sem que saibamos ao certo como reagir. Em alguns momentos, deixamos os instintos agir e, sem muito pensar, externamos os sentimentos aflorados naquele momento por entendermos serem as manifestações mais corretas.
Reflitamos, pois, sobre as condutas que poderão nos levar ao extremo, magoando e/ou machucando o nosso próximo.
Antes de julgarmos com palavras ferinas, sem ao menos sabermos a veracidade dos fatos, façamos uma pausa e ouçamos o nosso interior, dando-lhe a devida atenção, para evitar que o desconforto, que nós mesmos criamos em nosso ego, contamine os seres com quem compartilhamos vivências.
Não apaguemos a luz do próximo, quando a nossa luz está deturpada pelo egoísmo e por limitações de compreensão.
O universo é inteligentíssimo e nos devolve na mesma moeda o bem ou o mal que jogamos no espaço. Além de machucar o nosso irmão, o mal voltará a nós, multiplicado por canais que nem mesmo podemos imaginar. Quando isto acontece, somos pegos de surpresa e acabamos ainda mais expostos e fragilizados.
Se quisermos receber “amor”, estendamos “amor”. Se quisermos justiça, sejamos justos com o nosso próximo. Ao invés de jogarmos pedras, estendamos as mãos e acolhamos a cada Ser que necessita de um olhar, um abraço, uma palavra que enalteça o seu espírito, a sua essência.
Amanhã poderemos passar por momentos de grande aflição e, como nada acontece por acaso, talvez necessitemos exatamente do acolhimento dos seres que machucamos, agredimos com palavras ferinas, com atitudes indesejadas.
Reflitamos, reflitamos muito, antes de registrarmos palavras agressivas, para que não façamos julgamentos abalizados, apoiados em nossa guerra de egos egoístas.
Neste Universo somos todos humanos, cada qual com a sua missão. Cuidemos de nossos afazeres para que sejam bem feitos, pois daqui não levaremos nada. Vamos embora exatamente como viemos. A única coisa que poderá evoluir, isto se dermos a ela o devido valor, é a nossa consciência. Caso contrário, estagnaremos no processo e vamos embora vazios.
Afinal, nem Jesus, que foi o maior Psicólogo de todos os tempos, julgou.
Pediu, sim, aos seus apóstolos que atirassem a primeira pedra, caso não tivessem pecado. E ninguém atirou!
Façamos uma análise interior e reflitamos profundamente sobre as nossas condutas e, com certeza, encontraremos a resposta para as nossas insatisfações. Não atribuamos aos outros os nossos descontentamentos, mas, sim, pratiquemos momentos de harmonia, paz, leveza de espírito, de altruísmo e uma grande dose de amor fraternal!
Só condutas de amor fazem a vida valer a pena!

Imagens do Google



terça-feira, 12 de setembro de 2017

Comemoração 16 Anos de Fundação ALB - Diploma e Comenda









   Diploma e "Comenda Manuela Carabajal"

 Outorgados: pelo Presidente Fundador da ALB  -
Professor Dr. Mário Carabajal - PhD / PhI
 e pela Primeira Dama Dra. Dinalva Carabajal - PhI -
 Diretora Global da ALB Humanitária 

  Evento de Comemoração dos 16 Anos de Fundação da ALB

Hotel Copacabana Place
Rio de janeiro

31 de agosto de 2017

Gratidão Eterna e Imortal!





segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Comemoração de 16 Anos de Fundação da ALB

















Momentos especias vivenciados durante a
 Comemoração de 16 Anos de Fundação da Academia de Letras do Brasil 
culminado com o lançamento da Obra IMORTAIS
Organização:
 Professor Dr. Mário Carabajal - Presidente Nacional Fundador da ALB e
 Dra. Dinalva Carabajal - Diretora Global da ALB Humanitária

Hotel Copacabana Palace 
Rio de Janeiro

31 de agosto de 2017

Eterna Gratidão!











sábado, 26 de agosto de 2017

Oh, Mar!






Oh, Mar!

Lorena Zago

Contemplando a sapiência
Que ressalta dos teus movimentos,
Espraia-se a luz de tua essência,
Deixando-nos em transe a observar-te!
Tamanha magnitude desnuda-se aos olhares humanos.
Perfilando na passarela que contorna-te em ondas fagueiras,
Tangendo léguas silenciosas em anseios,
Que desfilam nobres em tuas brancas espumas,
Atribuindo lembranças caladas,
De momentos áureos comungados.
Olhares que se cruzam,
Emergem sutis energias
De compreensão, amor e paixão.
Tempos idos, lembranças marcantes....
O pulsar nos corações humanos
Transcende os sentimentos silenciados,
Ainda que o tempo e a distância,
Pretendam sublimar a essência calada,
Constituída na intrépida várzea fluída,
Dos mares distantes.
 Em bálsamo
Soma-se a silenciosa energia que pulsa
Em humanos corações.
Buscando em telepatia a mesma frequência,
Que ora manifesta-se em descompasso,
Primando por um instante que seja,
O seu amor retornar.
És tão majestoso e,
No entanto, tão singelo!
Emprestas a cada humano
As tuas águas a banhar-se,
Aceitas todas as sensações,
Sem jamais te esquivar,
És um exemplo de aceitação e humildade,
Mesmo quando a tua grandeza e magnificência se revelam.
Não te fazes mais soberano sob a luz do luar,
Ainda que a tua beleza se estenda ao Universo a admirar.

Imagem do Google