segunda-feira, 21 de maio de 2018

Parabéns aos Pedagogos!





Homenagem aos  Pedagogos!


" Ensinar é um exercício de imortalidade.
De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos
aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra.
O professor, assim, não morre jamais"!
Rubem Alves

Através da mensagem de Rubem Alves,
homenageamos a todos os Pedagogos comprometidos
 com a aprendizagem das crianças, jovens e adultos!

20 de maio de 2018
Salve!

Imagem do Google


Posse dos Imortais da ALBSC de Presidente Nereu







Momentos especiais vivenciados com pessoas, também, especiais!

Posse dos Imortais da ALBSC de Presidente Nereu!

Presente o Presidente da ALBSC Professor Dr. Miguel João Simão!

E o Presidente da ALBSC Microrregional de Blumenau
Sr. Manuel José Conchinhas

Um evento memorável!
Parabéns aos organizadores!

19 de maio de 2018



Posse dos Imortais da ALBSC de Atalanta







Momentos especias com
 pessoas também especiais
em Atalanta!

Posse dos Imortais
da Academia de Letras do Brasil
Santa Catarina seccional de Atalanta

Microrregional do Alto Vale do Itajaí
sob a presidência da
Professora Apolônia Gastaldi

12 de maio de 2018

terça-feira, 15 de maio de 2018

Dia Internacional da Família!











Dia Internacional da Família!

Família reporta à:
Estrutura, alicerce, batalhas,
desafios, desabafos, enfrentamentos,
superações, princípios, valores, comunhões,
aconchego, carinho, ternura...
AMOR!!!

15 de maio de 2018

sábado, 12 de maio de 2018

Maestria do Amor!








               Maestria do Amor!                                     

A vida é a mais preciosa dádiva de cada Ser.
 Constitui-se através de um ato de amor.
Busca constância e desenvolvimento gradativo na divindade de um ventre,
 que é o laboratório mais bem elaborado do Universo.
Neste imensurável espaço, a vida dos seres alimenta-se dia a dia
Com constância e sem limites.
Acalanto e acolhida somam-se à nobreza amorosa de cada Ser
Que carrega em seu ventre a joia mais preciosa concebida.
Mesclam-se doação, magia, determinação, coragem ,
e infinitas horas de contemplação e escuta.
A perfeição humana deleita-se gradativamente,
Completando-se ao longo dos meses,
Até alcançar a maturidade de constituir luz à criatura gerada.
E num passe de mágica acontece a fluidez ao alimento tão necessário à completude dos seres: Gestante e gestado.
E com a compreensão de um mestre, dá continuidade
Ao florescer das vidas como se fora uma apenas.
E é nesta magnitude dinâmica que se dá a preciosidade e a
Incomensurável maestria de uma mãe.

 Mãe!
Quem és tu, criatura?
A divindade escolhida
Pelo Arquiteto do laboratório humano?
Desnudas-te de todas as regalias que a vida oferece
E permites a inserção, em teu ventre,
Da semente que se conecta à tua semente
Para completar-se em uma nova vida,
Conduzindo-a com amor e valentia ao ápice da Luz?
E se não bastasse a tua harmoniosa compreensão, 
assumes perante o Universo a maturidade do Ser 
que em ti buscou guarida até constituir-se cidadão e,
 com seus próprios pés, 
galgou a sua jornada rumo à emancipação?
Alicerçaste o teu rebento desde os primeiros passos.
O vislumbre da jornada diária deu-se através do eixo norteador
Que emanou dos teus exemplos e compromissos,
Diante da necessária busca e constante evolução.




Mãe!
És exemplo de sublimidade!
Em teus braços edifica-se a compreensão das agruras
E das benesses do mundo.
Em teu seio acolhes a criatura que ainda não concebe,
De forma solo, a fortaleza de sua vivência.
Em teu sorriso constitui-se a docilidade da vida
E a noção da edificação das emoções.
O teu choro e as tuas lágrimas são a linguagem
Que manifesta ser a vida  constituída de infinitos tempos
De alegrias, tristezas e superações.

Mãe!
És mulher, guerreira,
Sobremaneira, batalhadora.
Buscas, conquistas, elaboras,
Encolhes-te, agigantas-te,
Em benefício dos teus descendentes.
Da pedra bruta à esmeralda,
Nada te faz desistir da criatura
Que gestaste em teu ventre sagrado.

Mãe!
Sagrado é o teu nome!
Sagrada é a tua natureza
Mãe!
Sagrada é a tua sabedoria e a tua essência!
Magnificente é o teu sacerdócio!
Imensurável é o teu amor!
Nem os mais belos poemas,
Nem as mais belas flores,
Nem a mais majestosa composição musical,
Nem as palavras mais elaboradas
Traduzem a grandeza do teu desprendimento,
E a tua nobreza interior!
És digna de uma Edelweiss,
Que nos Alpes europeus floresce
E com a sua magia e beleza traduz
Um grande e infinito Amor!

Homenagem às Mães do Universo! 
Lorena Zago 

Imagem:  Tiago Griboski

13 de maio de 2018